Madeiras para instrumentos musicais: conheça os principais tipos!

Materiais para instrumentos musicais

Para os entusiastas de música e instrumentos, um ponto que gera bastante curiosidade é o mundo da Luthieria (ramo da fabricação e manutenção dos instrumentos), em especial os materiais que são mais utilizados. Por isso, hoje vamos falar, especificamente, sobre as madeiras para instrumentos musicais, trazendo alguns dos principais tipos utilizados. Confira o que nós, da Multisom, separamos pra você!

Principais tipos de madeiras para instrumentos

A primeira coisa que precisamos falar sobre esse tema é que é importante você ter em mente que não existe uma madeira melhor ou pior do que a outra. O que temos, na verdade, são algumas madeiras que apresentam características mais adequadas para determinados instrumentos e objetivos de uso. Além disso, essas matérias-primas podem se valorizar de acordo com a qualidade do fabricante.

Abaixo, vamos citar alguns tipos de madeiras que são bastante utilizadas na fabricação de instrumentos:

Madeiras macias, leves e pouco rígidas

Em geral, as madeiras de aspecto macio, leve e não tão rígido são muito utilizadas na fabricação de instrumentos acústicos. Isso porque elas costumam favorecer a produção de sons mais claros e garantem um bom desempenho no que diz respeito à velocidade sonora, além de facilitar o manuseio durante a fabricação.

Entre essas madeiras, estão:

  • Softwood: confere mais volume ao instrumento e é fácil de manusear na hora de construir.
  • Abeto: adorada pela característica peculiar de ressonância e muito usada para produzir tampos, ou seja, a parte superior dos violões, violinos e demais.
  • Ash: ajuda a alcançar um bom desempenho e rápida propagação do som.
  • Cedro: geralmente propicia um som mais característico e encorpado.
  • Basswood: é considerada uma madeira que facilita um som “macio”, além de ter um custo mais baixo.
  • Pinho: esta favorece um som claro, brilhante e muito singular aos instrumentos.

Madeiras pesadas, duras e resistentes

As madeiras do tipo pesado costumam ser mais duras e apresentar muita resistência, o que facilita a sustentação do som, que em geral é mais encorpado nos instrumentos que utilizam essas matéria-primas. Mas, como dissemos, isso não é uma regra, apenas uma característica.

Entre essas madeiras, estão:

  • Marfim: apesar de pesada e dura, foge à característica geral por não ser tão resistente, além de produzir sons mais claros e brilhantes.
  • Maple: esse tipo de madeira é conhecido por facilitar sons bem peculiares e encorpados.
  • Ébano: uma das mais usadas na Luthieria, costuma produzir timbres brilhantes, sendo uma das madeiras que tem a menor velocidade sonora.
  • Hardwood: geralmente ajuda a dar mais sustentação e potência às notas. Porém, o volume do instrumento costuma ser mais baixo.

As famosas “madeiras proibidas” no Brasil

Algumas madeiras que são muito usadas na indústria de instrumentos musicais estão sob proteção no Brasil devido à extração excessiva, o que coloca em perigo de extinção as espécies dessas árvores. Por isso, a venda dessas madeiras em território nacional é mais dificultada. Entre elas, as duas principais são:

  • Mogno: madeira do tipo pesado, ela favorece a baixa velocidade de som e a sustentação do mesmo.
  • Jacarandá: pesada, dura e resistente, ela é reconhecida por facilitar a sustentação sonora, sendo muito usada em violões.

Como escolher a madeira ideal?

Tudo vai depender de qual instrumento você quer, para que finalidade, qual aparência você prefere e outros aspectos. O ideal é conversar com um luthier para entender mais sobre esse mundo e, com isso, definir qual será a madeira ideal para o seu instrumento.

Mas é legal ter em mente que quanto mais rara for a madeira usada e mais cuidados na hora da fabricação ela precisar (na hora de cortar, dar forma, etc), consequentemente mais caro será o instrumento. Além disso, cada instrumento exige uma resistência diferente da madeira, o que pode influenciar na escolha do tipo certo.

Gostou do artigo? Se você já sabe qual é a sua madeira preferida, deixe um comentário abaixo contando para a gente. E se ficar com qualquer dúvida, já sabe: é só entrar em contato conosco que nossos especialistas podem te ajudar!

 

 

Share this Story
Load More Related Articles
Load More By Especialista Multisom
Load More In Dicas para músicos

Deixa uma resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

Check Also

Conheça os melhores filmes sobre bandas e músicos

Sendo duas das formas de arte mais amadas ...