Como trocar as cordas do violão?

Todo instrumento musical precisa passar por manutenções periódicas para manter a boa sonoridade e tocabilidade. No caso do violão, é preciso trocar as cordas do violão de tempos em tempos, principalmente quando uma ou mais sofrem danos.

Para facilitar a troca, tenha dois materiais a mão: um alicate e um encordoador. Essas ferramentas facilitam o trabalho e podem ajudar a agilizar a troca das cordas.

Depois, siga o passo a passo abaixo que explica como trocar as cordas do violão e deixe seu instrumento com cara (e sonoridade) de novo.

Onde vai cada corda?

Essa é uma dúvida bem comum, pois na hora de tirar as cordas antigas e substituir pelas novas, pode acontecer certa confusão onde vai cada uma delas nas tarraxas. Para facilitar, segue uma imagem para você não errar mais:

Cuidados com as cordas do violão: confira 4 dicas!

Retirando as cordas antigas do violão

Solte as tarraxas da mão

O primeiro passo para trocar as cordas do violão é soltar as tarraxas (aquelas pecinhas localizadas na mão do violão). É só girá-las no sentido horário ou anti-horário (depende da forma como foi colocada) até desenrolar completamente as cordas.

Utilize o encordoador para agilizar o processo e soltar as cordas.

Solte as cordas do cavalete

Depois de soltar as tarraxas, é hora de soltar as cordas do cavalete, onde elas ficam presas no corpo do violão.

Nessa hora, você pode usar o alicate para ajudar a retirar os pinos e soltar as cordas. Só tem que tomar cuidado para não danificar o instrumento. Retirando os pinos, as cordas irão soltar, e então é só retirá-las. Dependendo do modelo elas podem sair  pela parte de baixo.

Lembrando que nem todos os violões tem pinos no cavalete, alguns modelos com cordas de nylon tem as cordas amarradas. Por isso, nesse caso, você só precisa desamarrá-las com as mãos.

Retire corda a corda

Ao invés de soltar todas as cordas e tirá-las juntas, tire uma a uma e vá trocando aos poucos. Assim você pode observar como cada uma das cordas antigas estava enrolada para enrolar as cordas novas do jeito certo novamente.

Isso é bem importante porque, caso você erre nesse processo, pode acabar estragando as cordas ou ter problemas para afiná-las depois.

Substituindo as cordas do violão

Prenda as cordas no cavalete

Para colocar as cordas novas, é só fazer o processo contrário, prendendo-as por dentro do cavalete novamente (nos orifícios do rastilho).

Algumas cordas têm bolinhas ou outro tipo de textura na ponta que ajuda a mantê-las fixas no violão. Então, caso as suas não tenham, a dica é dar um nó bem apertado nas extremidades e cortar as pontinhas que restarem.

Cuidado para não deixar pontas muito grandes, já que pode faltar corda para prender do outro lado do violão.

Enrole as cordas nas tarraxas

Por fim, vem uma etapa um pouco mais delicada: enrolar as novas cordas nas tarraxas. Aqui, é importante seguir o padrão de enrolamento das antigas cordas. Por isso, é bom que você trabalhe corda por corda.

Para enrolar e prender as cordas nas tarraxas, utilize novamente a ferramenta de encordoador.

Quando trocar as cordas do violão?

Fique atento aos sinais que indicam que você deve trocar as cordas do violão: som desafinado, cordas soltas, enferrujadas ou quebradas.

Agora que você já sabe como trocar as cordas do violão, não deixe de tomar os cuidados para mantê-lo em bom estado!

Coloque em prática nossas dicas e tente fazer a manutenção do seu instrumento por conta própria! Boa sorte, e conte sempre com a Multisom! 🙂

Veja também: Violão bom e barato: 4 modelos para você escolher

Share this Story
Load More Related Articles
Load More By Especialista Multisom
Load More In Cordas

Deixa uma resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

Check Also

Como aprender a tocar violão em casa?

Nos velhos tempos – e estamos falando há ...