Mulheres na música: as cantoras que marcaram gerações

Aretha Franklin

No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Para a maior parte do público, a origem da data remete à morte de mais de 130 operárias em uma fábrica de tecidos na cidade de Nova York, no ano de 1911.

No entanto, essa origem é um pouco mais complexa. O dia foi oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975 e está relacionado com a luta das mulheres trabalhadoras em todo o mundo, confundindo-se com a difusão do socialismo e com a luta por igualdade, no início do século XX.

E para marcar a data e valorizar as mulheres da maneira que elas merecem, nós, da equipe Multisom, preparamos um post para homenagear as estrelas internacionais e nacionais da música. Vamos lá?

Cantoras internacionais

Edith Piaf

Edith Piaf

Curta Mais

Edith Piaf, nascida em 1915 em Paris, fez história na música e até hoje é lembrada como a maior cantora francesa de todos os tempos. A vida da cantora foi marcada por uma série de acontecimentos trágicos, o que acabou influenciando a maneira como ela se expressava artisticamente.

Edith começou a carreira cantando nas ruas de Paris, quando foi descoberta pelo empresário Louis Leplée. Seu primeiro disco, lançado em 1936, foi Les mômes de la Cloche (As Garotas do Sino, em tradução livre).

As apresentações ao vivo que fez em 1936 e em 1937, no Music Hall ABC, elevaram a cantora ao patamar de vedete no cenário musical francês. Um dos seus maiores clássicos, La vie em rose (A vida em rosa, em tradução livre), foi escrito por ela em 1945. Outro dos seus maiores clássicos, lançado em 1960, é Non, je ne regrette rien (Não, eu não me arrependo de nada).

Aretha Franklin

Aretha Franklin

Grammy

Aretha Franklin (foto destacada) é uma das maiores divas do soul e do R&B e nasceu na cidade de Memphis, nos Estados Unidos. Além da sua importância na música, Aretha deixou a sua marca na luta pela igualdade racial, fazendo apresentações no enterro do ativista Martin Luther King Jr., em 1968, e na posse do presidente Barack Obama, em 2015.

O seu maior sucesso foi o hino Respect, lançado em 1967. Aretha gravou o seu primeiro disco gospel em 1956, aos 14 anos, batizado de Songs of Faith (Canções de Fé). Foi o suficiente para que ela conseguisse destaque no meio gospel.

O verdadeiro sucesso veio quando a cantora assinou com a gravadora Atlantic Records e lançou I Never Loved a Man (Eu nunca amei um homem). A música conquistou o primeiro lugar das paradas de R&B da revista Billboard. Com uma carreira brilhante, Aretha faleceu em agosto de 2018.

Lady Gaga

Lady Gaga

Observatório da Televisão

A cantora Lady Gaga ou Stefani Joanne Angelina Germanotta começou 2019 com tudo. Indicada ao Oscar de Melhor Atriz e vencedora do Oscar de Melhor Canção Original pela música Shallow, composta para o filme A Star is Born (Nasce uma Estrela), a cantora, autora dos sucessos Poker Face, Bad Romance e Born This Way, já provou que tem talento de sobra.

Seu primeiro disco, The Fame, lançado em 2008, foi um grande sucesso em países como Reino Unido, Canadá, Alemanha e na Áustria. Em 2009, foi a vez de The Fame Monster; em 2011, Born This Way; em 2013, Artpop e Joanne. O ano de 2016, por sua vez, foi quando Gaga se reinventou, migrando para os gêneros soft rock e dance pop.

Cantoras nacionais

Elis Regina

Elis Regina

Veja Rio

A gaúcha Elis Regina é considerada, por muitos, a maior cantora do Brasil. Elis começou a carreira no Clube do Guri, da Rádio Farroupilha. Em 1960, Elis foi contratada pela Rádio Gaúcha, quando lançou o álbum “Brotolândia”. Cinco anos depois, mudou-se para São Paulo e começou a participar de festivais de música, quando passou a ganhar notoriedade nacional.

Elis era uma artista eclética, que interpretava canções de diversos estilos, como MPB, jazz, rock, bossa nova e também samba. Seus principais sucessos são as músicas O Bêbado e a Equilibrista, Como Nossos Pais, Águas de Março, Madalena e Casa no Campo.

Cássia Eller

Cássia Eller

Bilesky Discos

Cássia Eller era carioca e mudou-se para Brasília aos 18 anos. Durante muito tempo, a cantora foi uma grande referência feminina de música no Brasil. Cássia foi uma intérprete extremamente talentosa e suas performances eram marcadas pela intensidade, apesar de ela sempre afirmar ser bastante tímida fora dos palcos.

Seu primeiro sucesso foi a música “Por enquanto”, escrita por Renato Russo e lançada em 1989. O sucesso rendeu um contrato com a gravadora Playgram.

Nando Reis foi um dos seus grandes parceiros profissionais. Três sucessos escritos pelo cantor e que viraram sucesso na voz de Cássia são O Segundo Sol (2001), All Star (2000) e Relicário (2000).

Todas essas cantoras marcaram a música e foram ícones na cultura, de uma forma geral, além de serem artistas excepcionais. Gostou da seleção que a equipe Multisom preparou? Sentiu falta de alguma outra personalidade na nossa seleção? Então deixe um comentário dizendo o que achou para a gente. Até a próxima!

Share this Story
  • Aretha Franklin
    Dicas

    Mulheres na música: as cantoras que marcaram gerações

    No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Para a maior parte do público, a origem da ...
Load More Related Articles
Load More By Especialista Multisom
Load More In Dicas

Deixa uma resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

Check Also

Tipos de microfone ideais para cada situação

Se você é músico, palestrante ou apresentador, saiba ...