Flauta doce ou transversal? Entenda as diferenças!

Vários tipos de flautas

Antigamente as flautas eram vistas apenas em concertos individuais ou orquestras mas, hoje em dia, estão presentes nos mais diversos estilos musicais. Já falamos aqui no blog sobre os vários tipos de flauta, mas hoje vamos abordar especificamente a doce e a transversal, que são as mais populares.

Qualquer uma das duas possui sonoridade incrível e notável, mas se você está em dúvida sobre qual flauta escolher, temos a solução. Confira abaixo as principais diferenças entre a flauta doce e a transversal: assim, você saberá qual encaixa melhor nas suas necessidades musicais!

Flauta doce

A flauta doce é a mais popular nos dias de hoje. Ela é ideal para quem quer começar a tocar instrumentos de sopro ou aprender música. Possui sete buracos para os dedos e outro para polegar para oitavar as notas musicais, sendo tocada com a ponta dos dedos.

Uma flauta doce

Fonte: Multisom

Características da flauta doce

  • Diferente das outras, a flauta doce possui um “bico” por onde o ar é projetado e articulado pela embocadura do flautista na forma de “TU”.
  • O dedilhado da flauta doce é diferente por conta do diâmetro entre os furos, que é menor quando comparado com a flauta transversal. Isso interfere na técnica de digitação das notas musicais. Existem dois tipos de digitação ou sistema. São eles: barroco ou germânico, onde a principal diferença está na posição da nota fá.
  • O tipo de material dos instrumentos está diretamente ligado ao timbre e volume de som. No caso da flauta doce, a maioria dos modelos encontrados no mercado são de resina ABS ou madeira.

Veja também Qual flauta doce comprar? Dicas para ajudar na escolha!

Flauta transversal

Já a flauta transversal é um instrumento mais complexo em sua construção, se comparado com a flauta doce. Originalmente ela era produzida em madeira e possuía poucas chaves. As flautas transversais modernas possuem platôs na forma de chaves que fazem a função dos dedos. Eles são articuladas por eixos, colunas e molas, que por sua vez, são soldadas ao corpo do instrumento, embora alguns modelos também possuam platôs na forma de anel.

O ​nome flauta transversal está relacionado ao jeito de como ela é tocada: ​de forma inclinada e transversalmente. As posições das notas são muito semelhantes às posições das flautas doce. As chaves foram adicionadas para facilitar e dar mais agilidade à execução.

Uma flauta transversal

Fonte: Multisom

Características da flauta transversal

  • A flauta transversal é ​composta por três partes​: “cabeça” onde fica o porta-lábio, o “corpo” e o “pé”. Para facilitar a limpeza e o armazenamento​ adequado após o uso, ela pode ser desmontada em suas três partes.
  • Hoje, as flautas transversais são produzidas em Alpaca, que é uma combinação de três metais (zinco, cobre e níquel), prata e até mesmo em ouro. O ​acabamento das flautas produzidas em alpaca pode ser em prata ou níquel e mesmo as flautas de prata maciça são banhadas à prata. Cada um desses metais produz um timbre diferente.
  • Há várias versões da flauta transversal e elas também se diferenciam através da sua afinação e sonoridade, além de possuírem tamanhos distintos.

Acesse esse post e saiba tudo sobre as flautas transversais!

Essas são as principais diferenças entre a flauta doce e a flauta transversal. Na hora de escolher o modelo de flauta que você vai comprar, não esqueça de pensar em qual se encaixa melhor nas suas necessidades! Aproveite e confira também os modelos de flautas na loja virtual da Multisom.

 

 

Share this Story
Load More Related Articles
Load More By Especialista Multisom
Load More In Sopro

Deixa uma resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

Check Also

Instrumento de sopro de madeira: conheça os principais!

Instrumentos de sopro, também conhecidos como instrumentos de ...