Estúdio em casa: veja dicas para montar o seu!

estúdio de gravação em casa

Se você já possui uma banda ou pretende trabalhar com música, chegará o momento em que um estúdio de gravação será necessário. Porém, principalmente no começo da carreira, é difícil arcar com os custos de estúdios profissionais. Por isso, uma alternativa mais em conta que a tecnologia proporciona é montar um estúdio em casa. Quer algumas sugestões de como montar o seu? Então confira as dicas que nós, da Multisom, preparamos!

1 – Invista em um bom computador

O primeiro passo é investir em um computador de qualidade, pois ele será o instrumento de gravação e processamento do áudio. Justamente por isso, o equipamento deve ter bastante espaço de memória, além de uma velocidade de processamento mais alta, para que os softwares funcionem sem maiores problemas.

2 – Adquira uma interface de áudio

Um dos itens mais importantes a serem observados no computador é a placa de áudio, que na maioria das vezes precisará de um upgrade para dar conta de gravações com qualidade. Essa, então, é a chamada interface de áudio, que permitirá que você conecte os instrumentos e microfones no computador!

Existem modelos que podem ser instalados no seu computador e outros que são aparelhos a parte, dependendo também do sistema operacional do seu computador. Mas, independentemente do modelo, procure informações sobre os tipos e qual pode atender melhor suas necessidades, mas não deixe de garantir uma para que a qualidade do áudio não seja prejudicada.

3 – Escolha um software de gravação

Para fazer, de fato, a gravação, você vai precisar de um software. Esses programas são chamados de DAW (Digital Audio Workstation) e existem diversos no mercado, com opções para diferentes orçamentos. É claro que as versões free vão ser mais limitadas em recursos, mas elas servem para começar.

Vale a pena pesquisar sobre as principais DAWs do mercado para encontrar a ideal para você. São elas:

  • Ableton live;
  • FL Studio;
  • Reaper;
  • Pro Tools;
  • GarageBand;
  • Cakewalk Sonar.

4 – Tenha um mixer de áudio

O mixer de áudio é o equipamento responsável por todas as conexões (de microfones e instrumentos), para configurar a entrada e saída de cada um. Você vai encontrar diversos modelos e marcas de mixers no mercado, podendo escolher conforme o seu orçamento e necessidades.

5 – Compre os microfones

Apenas dois microfones podem dar conta das gravações com bastante qualidade. O ideal é adquirir um microfone dinâmico, que é mais versátil e pode ser utilizado para voz e instrumento. E, para instrumentos com sonoridade mais expressiva, será preciso um microfone condensador, que tem mais sensibilidade e garantirá uma qualidade melhor nas gravações.

6 – Garanta a monitoração do áudio

A monitoração do áudio diz respeito ao tipo de alto-falante utilizado para ouvir o som durante a edição, sem desequilíbrio de frequência, para que você ouça tudo da maneira que foi gravado originalmente. Você pode escolher caixas de referência ou fones de ouvido, dependendo das suas preferências e até mesmo da estrutura que você tem.

Viu só como é possível ter um estúdio em casa com poucos passos? E com certeza o investimento será menor do que você esperava gastar em estúdios profissionais. Gostou do conteúdo? Deixe um comentário contando o que você achou e, qualquer dúvida, nós, da Multisom, estamos a disposição!

Share this Story
Load More Related Articles
Load More By Especialista Multisom
Load More In Dicas

Deixa uma resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

Check Also

Tipos de microfone ideais para cada situação

Se você é músico, palestrante ou apresentador, saiba ...