Estudo completo sobre a escala menor melódica

Escala Menor Melódica

Depois de apresentarmos, aqui no blog, as escalas naturais e as escalas harmônicas, chegou a hora de falar da escala menor melódica. Esta nada mais é que uma complementação da escala harmônica, deixando-a mais melódica com a aproximação de uma nota entre o 6° e 7° grau desta escala. Entenda!

Entendendo a escala menor melódica

Resumidamente, a escala menor melódica se aproxima muito da escala menor harmônica e isso ocorre pois ambas são praticamente iguais, com exceção na tonalidade entre o 5°, 6° e 7° grau.

Como vimos no post sobre as harmônicas, esta  escala conta com uma distância muito grande entre o 6° e 7° grau, de um tom e meio. A escala menor melódica, resumidamente, insere uma nota entre esse graus, aproximando-os e deixando a passagem, como o nome já diz, com mais melodia.

Essa aproximação faz com que o 6° grau, que antes era menor na escala harmônica, se torne maior na escala melódica. Com isso, a estrutura para a formação da menor melódica fica Tom – SemiTom – Tom – Tom – Tom – Tom – SemiTom – Tom.

Entenda de uma vez por todas a diferença entre Tom, SemiTom e Microtonalidade.

Para ilustrar melhor nossa explicação, trazemos a escala menor melódica de Dó aplicada no violão e no teclado nas imagens abaixo:

  • Escala menor melódica no teclado:
Escala menor melódica no teclado

Aprenda teclado

  • Escala menor melódica violão:
Escala menor melódica violão

Multisom

Diferença entre a escala menor melódica e demais escalas

Para entender melhor o que estamos falando, vamos exemplificar a diferença entre a escala menor melódica de Dó para as demais escalas já vistas aqui no blog:

Escala menor natural de Dó:

  • Dó – Ré – Mi – Fá – Sol – Lá – Sí – Dó

Escala menor harmônica de Dó

  • Dó – Ré – Mib – Fá – Sol – Láb – Sí – Dó

Escala menor melódica de Dó:

  • Dó – Ré – Mib – Fá – Sol – Lá  – Sí – Dó

Note que a principal diferença entre a melódica e a natural está apenas na nota que se encontra no 3° grau, enquanto da harmônica para melódica no 6°. Agora que você já observou a diferença entre as escalas em dó, observe a menor melódica em todas as notas na tabela abaixo:

Escala menor melódica

Tabela da escala menor melódica | Fonte: Multisom

Como falamos anteriormente, se você analisar a parte destacada na tabela, é possível perceber que o 6° grau, que antes era menor na escala harmônica, se torne realmente maior na escala melódica. Relembre a tabela da escala harmônica em nosso outro post.

Além disso, uma outra curiosidade é perceber que o 6° e 7° grau da escala menor melódica são exatamente iguais aos mesmos graus na escala maior natural. Confira nosso conteúdo sobre as escalas naturais e compare as tabelas!

Tipos de escala melódica

Existem dois tipos de escalas melódicas, a escala melódica clássica, e a escala melódica real. A melódica clássica é exatamente a que tratamos ao longo do texto até então. Já a melódica real trata-se de uma escala que sobe como menor melódica, porém desce como uma escala menor natural, tendo um formato na subida e um diferente na descida.

Confira o desenho da melódica real:

Desenho da melódica real

Descomplicando a música

Entretanto, vale salientar que a utilização do tipo de escala melódica varia somente pelo gosto do músico, sendo a melódica clássica a mais utilizada para composições, e sendo esta a que destacamos no post.

Agora… é só praticar!

Se você está começando seus estudos no mundo da música, o primeiro passo é descobrir qual o instrumento perfeito para você, como violões ou teclados, por exemplo. Depois, independente do instrumento escolhido, você deve praticar! Use as tabelas que preparamos para você e domine de vez a escala menor melódica! 

Share this Story
Load More Related Articles
Load More By Especialista Multisom
Load More In Dicas

Deixa uma resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

Check Also

O que é tom, semitom e microtonalidade

A teoria musical para quem gosta ou quer ...