Conheça as partes da bateria e para que serve cada uma delas!

A bateria é um instrumento de percussão que atrai o interesse de diversos músicos, justamente por ser um conjunto de vários componentes musicais que produz sonoridade característica e cativante. Por isso, vamos desmembrar a bateria para explicar cada parte dela e mostrar quais são as suas funcionalidades. Se você é um entusiasta desse instrumento, confira com a gente!

Principais partes da bateria

Como você pode ver na imagem acima, a bateria é, basicamente, um conjunto de pratos, tambores e demais instrumentos de percussão que podem ser tocados por um mesmo músico (baterista) com a ajuda de baquetas. Abaixo, vamos falar sobre os componentes básicos de uma bateria:

Caixa

Parte das baterias

A caixa (snare drum) é um tambor que produz som mais seco e agudo. Seu formato é cilíndrico e tem duas peles fixadas em aros metálicos. Foi muito usada por militares e fanfarras desde o século XV, antes mesmo de a bateria ser inventada como é hoje.

Surdo

Parte das baterias

O surdo (ou floor tom) é muito utilizado em variados estilos musicais para a marcação do tempo. Na bateria sua posição é do lado direito do baterista, proporcionando um tom mais grave que a caixa e menos grave que o bumbo. Seu som marcante é ideal para pontes e transições.

Bumbo

Parte das baterias

O bumbo (bass drum) pode ser identificado como o maior tambor da bateria, posicionado bem à frente e no centro do conjunto inteiro. É tocado por um pedal acionado pelo pé direito, produzindo um som grave que marca o ritmo da música.

Tons

Parte das baterias

Os tons (high/low tom) são tambores, normalmente utilizados entre duas a quatro unidades, que podem produzir variações de sons graves e médios. A sonoridade desses componentes é mais grave que a da caixa e menos grave que a do surdo.

Chimbal

Parte das baterias

O chimbal (hi-hat) trata-se de dois pratos posicionados à esquerda do baterista que podem ser tocados tanto com o pedal quanto com as baquetas. Utilizado para a marcação do compasso ou para a condução da música.

Prato de Ataque

Parte das baterias

Os pratos de ataque (crash) são utilizados em transições musicais, além do encerramento de uma música. Seu som é explosivo e seu tamanho pode variar de medidas.

Prato de Condução

Parte das baterias

O prato de condução (ride) é utilizado para conduzir o groove, servindo de base para as batidas mais acentuadas. Possui o tamanho ideal para permitir ao baterista explorar todas as regiões do prato. Seu som pode ser associado ao de um sino.

E as partes da bateria eletrônica, são iguais?

Parte das baterias

Fonte: Multisom

 

Em geral, a bateria eletrônica é composta por pads, que são peças responsáveis por reproduzir os sons de cada componente de uma bateria acústica. Porém, encontramos um item a mais, que é chamado de módulo.

O módulo é responsável por oferecer sons com qualidade, permitindo que o baterista escolha a afinação desejada, a configuração de tamanho e material de tambores e pratos. Além disso, também é possível simular efeitos como abafamento, posição do microfone e a acústica do ambiente.

Partes da bateria

Fonte: Sound Master

Saiba mais em: Bateria acústica ou eletrônica? Entenda as diferenças!

Então, gostou de saber mais sobre a composição da bateria? Se você é um entusiasta desse instrumento e quer conhecer melhor os modelos e marcas de cada um desses componentes, dê uma passadinha na loja virtual da Multisom e veja os nossos produtos. Qualquer dúvida, é só falar conosco!

 

 

Share this Story
Load More Related Articles
Load More By Especialista Multisom
Load More In Percussão

Deixa uma resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

Check Also

Como fazer um cajón: materiais e processo

Alguns músicos gostam de fazer seu próprio instrumento, ...